Sobre nós

Os vinhos Pormenor nascem em 2013 pela mão e sonho de 3 amigos - José Silva, Miguel Cardozo e Pedro Coelho.

Unidos ao mundo do vinho de forma indireta, as famílias abrangem avós tanoeiros e pais corticeiros, faltando alguém que se dedicasse à produção de bom vinho, surgindo o Pormenor. As famílias juntaram-se assim no âmbito de uma premissa fundamental. O Douro, a mais antiga região demarcada do mundo.
A Pormenor quer produzir vinhos que agarram e contam histórias. Vinhos que possam exprimir o que o Douro, tem de melhor. Solo. Vinhas. Uvas. Clima. As mãos e pés de quem os trabalha.

A filosofia Pormenor tem como base a utilização em exclusivo de uvas provenientes de vinhas velhas plantadas em altitude, em distintos locais no Douro, herança natural das mãos que as plantaram há muitos anos atrás, em pontos que são os mais indicados para, em forma de vinho, expressarem a qualidade dos vinhos do Douro.
O trabalho é feito de forma muito pouco interventiva e ao sabor do que a evolução do ano nos oferece. Regra geral, uvas vindimadas relativamente cedo que originam tendencialmente vinhos com grau alcoólico contido e manifesta frescura no seu todo. Vinhos autênticos, de Terroir.

Em harmonia e respeito pelas castas tradicionais, procura-se produzir vinhos honestos e francos, cuja ideologia se prende com o mínimo de intervenção. De fora dos vinhos ficam as tecnologias químicas e entra o conhecimento de anos de experiência com o saber enológico do enólogo consultor, Luís Seabra. São pretendidos vinhos frescos e elegantes, vinhos complicadamente descomplicados.
É seguida a velha máxima...The Devil is in the Detail.


As uvas Brancas são provenientes de Pombal de Ansiães – Douro Superior. Uvas Tintas de Soutelo e Nagozelo do Douro – Cima Corgo, com características comuns: provenientes em exclusivo de vinhas velhas plantadas em altitudes elevadas e castas tipicamente Durienses.

Equipa de vinificação: Luis Seabra e Pedro Coelho.

The devil
is in the detail!
 

os fundadores

A equipa é constituída por três membros, todos ligados ao vinho de alguma forma. O avô de Pedro era fabricante de barricas de carvalho. José Silva, Miguel Cardozo e Pedro Coelho são descendentes de famílias ligadas à industria da cortiça.

Naturalmente, faltava alguém nas famílias que se dedicasse à produção de vinho e assim, nasce o Pormenor.

José Silva
José Silva
Miguel Cardozo
Miguel Cardozo
Pedro Coelho
Pedro Coelho